post

O que são os drageados e qual sua origem?

2018-06-08 20:35:42 Escrito por: Equipe do Site

Os drageados são doces cobertos com um chocolate caro e de boa qualidade fabricado em Gramado, no Rio Grande do Sul.

Mas você sabe qual a origem deles? Sabe como são feitos? Sabe como preparar?

Gostaria de agradecer você pelo seu interesse na leitura deste artigo e convidá-lo a visitar a loja online da Melhores Chocolates, são produtos gourmet com requinte e sofisticação, já conhece o Chocolate em Barras?

Continue lendo o artigo e descubra. Boa leitura!

Drageados

São uma das guloseimas mais antigas da Europa.

O doce pode ser comprado tanto online como ser encontrado em estabelecimentos físicos que tenham foco em vender doces.

Sua casca contém uma textura dura ou crocante e quem as prepara costuma incluir vários tipos de doces.

O que quero dizer é que não é apenas o chocolate que vai. Outros doces também podem ser adicionados na receita.

Atualmente são feitos em máquinas, mas antigamente o doce era feito à mão e demora muitos dias para que ele ficasse pronto.

Isso porque o chocolate era colocado várias vezes até que elas estivessem totalmente cobertos.

Uma outra característica do produto são as cores. Há mais de cinquenta cores disponíveis para você usar.

Além disso, o acabamento também é importante. Você pode escolher entre fosco, brilhante ou até mesmo perolado.

Os drageados foram criadas na era romana, quando imperadores comiam amêndoas cobertas com mel.

Nessa época, eram usados para festejar casamentos, aniversários ou outros momentos importantes.

Ainda na Idade Média, apenas ricos e nobres tinham o direito de comer. Isso porque ela era símbolo de riqueza e da realeza.

Anos depois, a receita foi adaptada para açúcar e chocolate e os europeus a tornaram a delícia que ela é hoje.

 

Tipos de Drageados

Existem outros tipos que são comercializados pelo mundo.

As coberturas são as mais variadas: amêndoas, frutas secas, pistache, sementes de girassol, nozes…

Opções é o que não faltam.

E ao contrário do que se pensa, os drageados salgados também são bastante comercializadas.

Essas drageados diferentes também são cobertas com chocolate. Apenas o recheio é feito de outra forma, como com pedaços de fruta.

 

Como preparar em casa

Como eu vivo dizendo, comprar pronto é maravilhoso, mas saber fazer o doce é melhor ainda.

Afinal, ter a opção de preparar uma guloseima em casa, é muito bom.

Por isso, pegue papel e caneta e tome nota da receita.

Ingredientes

  • 400g de castanhas torradas. Você pode usar amêndoas, avelãs, pistache, castanha do Pará
  • 300g de cobertura de chocolate de sua preferência. Pode ser branco, amargo, meio amargo, ao leite
  • 5 xícaras de chá de açúcar de confeiteiro ou chocolate em pó

Modo de preparo

Em um recipiente você vai colocar as castanhas e depois vai colocá-las na geladeira.

Deixe gelar um pouco e retire o recipiente com as castanhas da geladeira.

Feito isso, você vai adicionar a cobertura de chocolate temperado sobre as castanhas e vai mexer bem.

Repita essa operação até as castanhas ficarem todas cobertas e soltinhas e o chocolate endurecer.

Depois disso, você vai colocar novamente o recipiente na geladeira e deixar por mais cinco minutos.

Repita essa operação até o chocolate acabar.

Depois, basta pegar e passar no chocolate em pó ou no açúcar de confeiteiro.

Coloque em um pote e deixe fechado até a hora que você for consumir.

Pronto! Viu como é fácil preparar?

 

Produtos Prawer

Difícil vai ser comer apenas um destes drageados.

Elas são feitas de flocos ao leite com cobertura de chocolate preto ou branco.

Um sabor crocante e irresistível.

Essa latinha de drageados vem com 3 sabores irresistíveis: amêndoas, avelãs e castanhas do Pará.

Elas são torradas e cobertas com chocolate ao leite.

Essa opção é como o drageado exemplificado anteriormente, porém, em um tamanho menor.


Espero que você tenha gostado do artigo. Até mais!

Última atualização 2020-05-07 11:10:30
Lido 2060 vezes

Deixe um comentário

0 Comentários

Todos os campos marcados com (*) são obrigatórios